O INFERNO CIENTIFICAMENTE EXPLICADO


O Inferno, explicado por um estudante de Engenharia

O que se segue é (alegadamente) 1 pergunta que saiu num exame de 1 curso de Engenharia numa universidade americana. 

A resposta de certo  estudante foi tão criativa que o professor a partilhou por e-mail com vários colegas.

P: O Inferno é exotérmico (liberta calor) ou endotérmico (absorve calor)?

A maioria dos alunos respondeu baseando as s/opiniões na lei de Boyle (um gás arrefece quando se expande e aquece quando é comprimido), ou  nalguma variante disso.

Houve 1 aluno que, no entanto, deu a resposta que se segue:

 "Primeiro, precisamos de saber como a massa do Inferno está a variar  c/o tempo. Portanto, precisamos de saber a taxa a que as almas se  estão a mover p/o Inferno e a taxa a que o estão a deixar.

Acho que podemos assumir seguramente que 1 vez que 1 alma entra no  Inferno ela nunca + de lá sai. Portanto, não há almas a sair. Para verificarmos qual a quantidade de almas que entram no Inferno, vamos  olhar p/as diferentes religiões que existem no mundo actual.

A maioria dessas religiões afirma que quem não é membro dessa religião  vai p/o Inferno. Como há mais do que uma dessas religiões, e como as  pessoas não pertencem a + do que uma religião, podemos prever que todas as almas vão para o Inferno. Com as taxas de natalidade e mortalidade actuais, podemos esperar que o número de almas no Inferno aumente exponencialmente.

Agora, vamos olhar para a taxa de variação de volume do Inferno, porque a  lei de Boyle afirma que, p/que a temperatura e a pressão no Inferno se  mantenham constantes, o volume do Inferno tem de se expandir  proporcionalmente à medida que são adicionadas mais almas. Isto abre 2  possibilidades:

1. Se o Inferno se expandir a uma taxa inferior à da taxa a que as  almas entram, então a temperatura e a pressão no Inferno vão aumentar  até ele explodir.

2. Se o Inferno se expandir a uma taxa superior à do aumento de almas  

no Inferno, então a temperatura e a pressão irão baixar até que o Inferno congele.

Então, qual das hipóteses é a correcta_ _? Se aceitarmos a afirmação  da Mary no meu ano de caloiro de que “o Inferno vai congelar antes de  eu ir p/ a cama contigo”, e tendo em conta o facto de que eu dormi  c/ela a noite passada, então a hipótese número 2 deve ser a verdadeira, e portanto tenho a certeza de que o Inferno é exotérmico e  já congelou.

O corolário desta teoria é que, uma vez que o Inferno congelou, então  já ñ aceita + nenhuma alma e está, portanto, extinto, passando a  existir apenas o Céu e provando assim a existência de 1 ser divino, o  que explica porque é que ontem à noite a Mary gritava “Oh, meu Deus!  

Oh, meu Deus!”

Comentários

Publicar um comentário